BITCOIN

Gigantes do futebol europeu agora aceitam pagamentos bitcoin e Ethereum


O time de futebol Português Benfica começou a aceitar ingressos e produtos do clube para Bitcoin e Ethereum [ETH]. Esse recurso é possível trabalhando com o UTRUST [o gateway para pagamentos em moeda digital]. O token UTK do UTRUST também será aceito.

Benfica, gigante do futebol europeu, agora aceita pagamentos de Bitcoin e Ethereum

O futebol é um esporte amplamente utilizado que aumentará a taxa de adoção de criptomoedas. Com mais de 14 milhões de adeptos, o Benfica é um dos clubes de futebol mais bem sucedidos em Portugal. A equipa portuguesa emitiu a seguinte declaração sobre esta questão:

A tecnologia principal da UTRUST permitirá ao Benfica beneficiar de maior segurança e da conveniência dos pagamentos por criptomoeda, ao mesmo tempo que protege o clube da volatilidade do mercado. Também reduzirá significativamente os custos de transação e eliminará reembolsos de cartão de crédito inadequados e pagamentos fraudulentos.

Giant European Football Club aceita criptomoeda para pagamento regular

O CEO do Benfica, Domingos Soares de Oliveira, celebra a parceria e diz:

Este é um dia emocionante na história do SL Benfica, pois explicamos a decisão de aceitar pagamentos por criptomoeda. Os nossos fãs fazem do Benfica um clube único e único, e sabemos que a maioria dos nossos apoiantes são utilizadores digitais, pelo que queremos estar um passo à frente na adopção de novas tecnologias e proporcionar aos nossos apoiantes a melhor experiência online. Estamos muito empolgados com a possibilidade de trabalhar com a UTRUST para desenvolver uma estratégia de comércio eletrônico, e estamos ansiosos para aceitar nosso primeiro pagamento por criptomoeda.

Esta é a primeira vez que grandes clubes de futebol europeus recebem pagamentos regulares em moedas criptografadas.

Você pode acompanhar as últimas notícias em nossas contas Telegram, Instagram, Facebook e Twitter.

Fonte de informação: compilada da informação 0x de KRIPTOPARAHABER, copyright pertence ao autor Asya Eser, sem permissão, não pode ser reproduzido