Notícia

Quando a empresa entrou em conflito com a CFTC, o Diretor de Operações da BitMEX anunciou a saída


O BitMEX é a maior plataforma de negociação de margens no mercado de criptomoedas, com a saída de seu principal executivo de operações.

COO remove BitMEX

Um porta-voz relacionado ao assunto disse que Angelina Kwan, diretora de operações da BitMEX, atualmente está se preparando para deixar a empresa e está "saindo de licença". Este termo é usado para descrever a situação em que um funcionário se demite e é instruído a permanecer na folha de pagamento enquanto estiver ausente do trabalho durante o período de notificação.

Guan é contadora pública certificada nos Estados Unidos e Hong Kong. Ela possui ampla experiência em conformidade regulatória, incluindo oito anos como gerência sênior, comitê e membro do conselho da Comissão de Valores Mobiliários e Futuros de Hong Kong [SFC] e outras empresas multinacionais e instituições financeiras. Sua experiência como diretora administrativa e diretora de conformidade de supervisão na Bolsa de Valores de Hong Kong [HKEx] faz dela uma ótima opção para o BitMEX.

Arthur Hayes, CEO da BitMEX, elogiou Kwan por se juntar à equipe BitMEX em outubro de 2018 e disse:

"Dar as boas-vindas a Angelina à equipe BitMEX é um marco importante não apenas para nossa empresa, mas para todo o setor de criptomoedas. Acredito que a decisão de Angelina de se juntar a nós é um sinal de que o mercado global está mudando seu foco para as criptomoedas em rápida expansão. O campo de tokens ".

Agora, devido à situação desconhecida, Kwan deixou a empresa algumas semanas antes de seu estabelecimento.

Supervisão regulatória

Curiosamente, a partida de Angelina Kwan apareceu alguns meses depois que a Commodity Futures Trading Commission [CFTC] começou a investigar o BitMEX. A pesquisa focou em saber se a empresa violou a lei promovendo transações para clientes dos EUA na plataforma por muitos anos. Atualmente, a troca de criptomoedas ponto a ponto não está registrada na CFTC, e a CFTC tem jurisdição sobre futuros e outros derivativos baseados em Bitcoin e outras moedas virtuais.

Esta não é a primeira vez que o BitMEX enfrenta problemas regulatórios. Em agosto, a empresa foi aprovada pelo Bureau of Advertising Standards [ASA], depois de várias reclamações, alegando que os anúncios da empresa "exageravam o retorno do investimento" e "não podiam contabilizar os riscos de investimento".

Resta saber quem substituirá os veteranos de conformidade e como a empresa pode defender a investigação em andamento. Atualmente, a página "Sobre nós" do BitMEX não menciona Angelina Kwan, e seu perfil no LinkedIn não reflete sua curta experiência de trabalho no comércio de criptomoedas.

Arquivado em: BitMEX, notícias relacionadas a pessoas de blockchain mencionadas pela empresa mencionada

Fonte: compilado a partir das informações 0x do CRYPTOSLATE. Os direitos autorais pertencem ao autor e não podem ser reproduzidos sem permissão. de

Clique para continuar lendo de