ETHEREUM

EUA acusam Maduro de usar criptomoeda para cobrir lucros do comércio de drogas


O Departamento de Justiça dos EUA anunciou na quinta-feira, 26 de março, através do Ministério Público de Manhattan, que o presidente venezuelano Nicolás Maduro e 14 outras autoridades venezuelanas entraram com acusações de terrorismo com narcóticos, corrupção, tráfico de drogas e outras acusações criminais. Acusação.

Eles também foram acusados ​​de usar criptomoedas para ocultar lucros em transações relacionadas a transações de drogas ilegais. O regulador nacional de criptomoedas da Venezuela [Sunacrip] Joselit Ramirez Camacho também foi acusado.

Segundo um comunicado divulgado pelo departamento, Maduro e seus associados teriam conspirado com líderes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia [FARC] nos últimos 20 anos para "distribuir e destruir comunidades americanas em cocaína".

O procurador-geral dos EUA William Barr disse: "Os Estados Unidos não permitirão que essas autoridades venezuelanas corruptas usem o sistema bancário dos EUA para desviar seus lucros ilegais da América do Sul ou promover seus programas criminais". Uttam Dhillon, chefe do DEA temporário, acrescentou: "O Departamento de Justiça e O UNDCP continuará a proteger o povo americano dos traficantes de drogas cruéis, não importa onde estejam ou onde morem. "

De acordo com Alysa D. Erichs, diretora executiva adjunta da Pesquisa de Segurança Interna [HSI], os conspiradores eram suspeitos de usar criptomoedas para encobrir seus crimes e seguiram as alegações de Dhillon:

"O anúncio de hoje destaca a determinação e determinação do índice Hang Seng globalmente para identificar, direcionar e investigar ativamente indivíduos que violam as leis dos EUA, usam o sistema financeiro e se escondem atrás de criptomoedas para promover suas atividades criminosas ilegais. Deixe essa acusação." Lembre-nos de que ninguém pode superar a lei, nem mesmo um oficial político forte ".

Embora a declaração não especifique qual criptomoeda foi usada, sabe-se que o governo venezuelano mantém sua criptomoeda apoiada em petróleo, Petro. O projeto é supervisionado pela Sunacrip.

Fonte de informação: Compilado a partir de CRIPTOFACIL por 0x informações. Os direitos autorais pertencem à autora Lorena Amaro e não podem ser reproduzidos sem permissão Clique para continuar lendo