ETHEREUM

Os influenciadores da comunidade de Bitcoin e criptomoeda reclamam que o Twitter “resiste”


Alguns membros influentes das comunidades de criptomoedas e bitcoin reclamaram do chamado “boicote” ao Twitter em suas publicações. Segundo eles, a rede social cujo CEO é o entusiasta do Bitcoin, Jack Dorsey, está limitando a cobertura e a impressão de seus posts.

De acordo com um artigo publicado pela Forbes na sexta-feira, 1º de maio, um dos influenciadores da comunidade que especula sobre isso é Anthony Sassano, um desenvolvedor de criptomoeda. Ele disse em seu perfil no Twitter:

“Alguém mais notou algum problema com sua conta do Twitter nas últimas 48 horas? Minhas notificações estão em todo lugar, e todos os tweets que eu postar têm uma impressão muito menor do que o normal.”

Mike Dudas, investidor em tecnologia e fundador do portal de notícias The Block, respondeu a Sassano e confirmou que “eles estão fazendo isso”.

Dudas twittou: “Percebi isso na minha conta esta semana”.

Neeraj Agrawal, diretor de comunicações do Token Center, também concordou com Dudas e Sassano. Segundo ele, as redes sociais limitam o escopo e as impressões dos tweets.

Sim, acho que eles limitam as visitas / impressões do Tweet

-Neeraj K. Agrawal (@NeerajKA) 30 de abril de 2020

“Comecei a usar desesperadamente o LinkedIn novamente”, acrescentou Nic Carter, sócio do Castle Island Ventures, um fundo de capital de risco focado em blockchain.

O Twitter não respondeu aos pedidos de comentário.

Nesse boicote, o Twitter está em tensão interna. Isso ocorre porque o investidor ativista de Wall Street Elliott Management comprou US $ 1 bilhão em ações do Twitter e está trabalhando para remover o co-fundador Jack Dorsey da empresa que ajudou Expulsar.

Situação semelhante

Não é apenas o Twitter que está claramente em conflito com as comunidades de Bitcoin e criptomoeda. Como o Cripto Fácil relatou, a Ripple entrou com uma ação contra o YouTube, acusando-o de colocar anúncios falsos e fraudes envolvendo criptomoedas. Então, o diretor de tecnologia da Ripple, David Schwartz (David Schwartz), suspendeu o canal da Internet do YouTube.

Além disso, o Google excluiu muito conteúdo relacionado a Bitcoin e criptomoedas de seu site no final do ano passado, chamado de “limpeza de criptomoeda”.

Leia também: Jovem de Recife é acusado de perder 20 milhões de reais em 150 Bitcoins

Veja também: IRS deve emitir regras estritas de Bitcoin no Brasil

Leia também: O Twitter introduz emojis de bitcoin e Jack Dorsey exige que ele se torne um padrão de rede

Fonte de informação: compilada a partir de CRIPTOFACIL por 0x informações. Os direitos autorais pertencem à autora Lorena Amaro e não podem ser reproduzidos sem permissão