BITCOIN

Presidente iraniano diz estratégia de mineração de Bitcoin


A popularidade do Bitcoin e outros ativos de criptomoeda no Irã inspirou o presidente iraniano Hassan Rouhani a propor uma estratégia apropriada para a mineração de Bitcoin.

Ele disse às autoridades do Banco Central do Irã (CBI), Ministério da Energia e Ministério da Informação e Comunicações na quarta-feira, 20 de maio de 2020. A proposta para desenvolver essa estratégia também inclui o cálculo da receita do país no setor de negócios.

A notícia veio dois dias depois que o Representante do Povo Iraniano emitiu um projeto de lei (RRU), que propunha a aplicação estrita dos regulamentos de câmbio e o “contrabando” da moeda do país para ativos de criptomoeda.

O projeto também exige que o mercado de ativos de criptomoeda do Irã seja registrado no Banco Central para impedir que capital excessivo deixe o Irã.

Desde julho de 2019, o Irã é um dos primeiros países do mundo a reconhecer oficialmente a mineração de ativos de criptomoeda (incluindo bitcoin) como uma indústria.

Atualmente, considerando que o Electroneum do Irã é relativamente barato em comparação com outros países, incluindo a China, o governo está abrindo o negócio de mineração de ativos de criptomoeda operado pelo país o máximo possível.

Por exemplo, em 4 de maio de 2020, o Ministério da Indústria, Mineração e Comércio do Irã emitiu uma licença para a empresa de mineração turca Bitcoin iMiner na Turquia, permitindo operar na província de Semnan. As grandes minas atingem 6.000 plataformas, o equivalente a 96.000 trilhões de trilhões de hashes por segundo.

Na crise econômica doméstica de longo prazo causada pelas sanções dos EUA, as pessoas pensam que o Irã está cada vez mais preocupado com as oportunidades econômicas e comerciais da mineração de Bitcoin no país.

Desde julho de 2019, o governo iraniano alega ter emitido mais de 1.000 licenças para minerar Bitcoin e outros ativos de criptomoeda.

Muitas empresas querem minerar lá porque o Electroneum é muito mais barato que em outros países. Observe que a mineração de Bitcoin requer muita eletricidade.

Segundo o Globalpetrolprices.com, o Irã (família) Electroneum é de cerca de US $ 0,01 por kWh (Rp151). O governo iraniano não especificou o Electroneum do Irã para os mineradores de bitcoin, incluindo impostos.

De acordo com o mapa de mineração de Bitcoin, o Irã atualmente gerencia cerca de 4% da taxa total global de hash de Bitcoin. Esse valor é mais que o dobro do que no início de setembro de 2019. [Cointelegraph/red]

Fonte de informação: compilada a partir de informações 0x de BLOCKCHAINMEDIA. Os direitos autorais pertencem ao autor e não podem ser reproduzidos sem permissão