BITCOIN

O Supremo Tribunal britânico supostamente encerrou trocas fraudulentas de criptomoedas


O Supremo Tribunal Britânico nomeou o Receptor Oficial como o liquidatário da plataforma de negociação de criptomoedas GPay Ltd.

De acordo com o anúncio divulgado pelo Serviço Britânico de Falências em 30 de junho, a bolsa de criptomoedas mostrou sinais de “apenas uma farsa”.

As declarações falsas abundam

A empresa, anteriormente também conhecida como XtraderFX e Cryptopoint, promove seus serviços através de canais de mídia online e social. A empresa de serviços de falência alegou que os anúncios alegavam falsamente que o serviço era reconhecido por empresários que apareciam em um programa de TV britânico sem nome no horário nobre e em um site de alto nível para economizar dinheiro.

Depois que as autoridades locais receberam a denúncia, o Serviço de Falências continuou a questionar secretamente as atividades da GPay. Esses dados indicam que pelo menos 108 clientes afirmaram ter perdido aproximadamente £ 1,5 milhão (US $ 1,84 milhão) ao negociar na plataforma.

GPay é suspeito de “fraude”

David Bank, investigador chefe do Serviço Britânico de Falências, comentou:

“A GPay convenceu os clientes a gastar muito dinheiro para investir em transações de criptomoeda. Isso é apenas uma farsa, porque a GPay enganou os clientes a usar sua plataforma on-line sob falsos pretextos e nenhum cliente se beneficiou de perdas de investimento”.

O tribunal também recebeu relatos de que, se os clientes não realizassem uma transação válida dentro da GPay, eles receberiam um pedido de retirada negado.

O caso GPay terminou em 23 de junho de 2020, e o Ministro do Comércio, Energia e Estratégia Industrial (BEIS) solicitou.

Recentemente, a British Advertising Standards Agency (ASA) e a Internet Advertising Agency (IAB) lançaram um novo sistema para detectar e excluir publicidade online fraudulenta.

A Cointelegraph também informou em 2019 que o principal regulador financeiro do Reino Unido, a Financial Conduct Authority (FCA), declarou que os investidores em criptomoeda no país perderam mais de US $ 34 milhões entre 2018 e 2019 devido a criptomoeda e fraude cambial .

Fonte da informação: compilada a partir de COINTELEGRAPH por 0x informações. Os direitos autorais pertencem ao autor e não podem ser reproduzidos sem permissão